2019 - Liga de Medicina Clínica - Universidade Federal do Ceará

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram - @lmcufc

Nódulos

Paciente feminina, 2 anos, apresenta nódulos em couro cabeludo e em região infraorbitária esquerda de crescimento progressivo e doloroso há sete meses, associado à dermatite seborreica em couro cabeludo. Há quatro meses evoluiu com quadro de polidipsia, poliúria e otorreia crônica bilateral, não responsiva a antibioticoterapia. Previamente hígida. Foi realizado estudo radiológico do crânio. Qual o provável diagnóstico da paciente?

 

 A manifestação clínica mais comum da histiocitose de células de Langerhans (HCL) é o acometimento ósseo. As lesões são osteolíticas e o crânio é o principal local acometido, o que justificou a realização da radiografia de crânio na paciente. O diabetes insipidus é a endocrinopatia mais prevalente na HCL e outra manifestação neurológica comum é a otite média recorrente. O envolvimento cutâneo é observado em mais de um terço das crianças e as regiões mais afetadas são o couro cabeludo e as zonas intertriginosas. A morfologia clínica das lesões é muito variável e a dermatite seborreica de difícil tratamento também é um sinal comum da doença.